domingo, outubro 16, 2005

Sessão ou não sessão

Afinal em Setembro não se iniciou nova sessão legislativa (a ser assim, quer dizer que os deputados gozarão dois períodos de férias na mesma sessão). Tendo em conta este entendimento, o Tribunal Constitucional deverá chumbar a proposta de realização de um referendo sobre o aborto. Mais uma vez a indecisão de Sampaio leva a uma nova embrulhada e ao adiamento para data indeterminada do referendo. Sampaio não quis ficar na história como o Presidente que ajudou a resolver a questão da legalização do aborto. Podia tê-lo feito no final do mandato, mas preferiu entrelaçar-se num jogo de datas e de artifícios constitucionais. Sampaio é mestre em criar imbróglios. E acaba sempre por se enlear em enredos complicados. Sugiro um cognome para os anais da história: “SAMPAIO O COMPLICADINHO”. A sua incapacidade em tomar decisões claras na altura certa tem contribuído, ao longo destes dez anos, para a degradação do sistema político-administrativo. Ao confirmar-se a decisão do TC, Sampaio prepara-se para lavar a mãos na hora da despedida e delegar, como parece querer faze-lo, para o próximo Presidente a responsabilidade de resolver o problema do aborto. Sampaio sai de cena e deixa como legado um magistério oco e demasiadamente cinzento, cairá, por isso, no esquecimento.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com