sexta-feira, fevereiro 10, 2006

Tão tolerantes que eles são

Estiveram do lado de Sousa Lara (ou pelo menos calaram-se) no caso de censura contra o livro Saramago sobre Jesus Cristo. Apoiaram a direcção da RTP que na altura proibiu a continuidade do programa do Herman devido à satirização de algumas figuras históricas. Indignaram-se com o cartoon de António que pôs o Papa a assoar-se a um preservativo. Agora estão do lado da liberdade de expressão e aplaudem a coragem dos cartonistas que brincaram com a figura de Maomé. De repente esta direita reaccionária tornou-se cosmopolita e liberal. É uma verdadeira revolução civilizacional. Chegaram 30 anos atrasados, mas finalmente perceberam a importância de algumas das conquistas do dia 25 de Abril de 1974. A partir deste momento já se pode fazer humor sobre a Nossa Senhora ou sobre o Papa sem que ninguém nos excomungue e aponte o sacrilégio. Hurra!

3 Comments:

Blogger Hugo Mendes said...

Essa merece umas palmas

4:00 da manhã  
Anonymous isabel said...

...hum, foste ver a versao 'tuga do "Crime do Padre Amaro"? ;-D

9:41 da tarde  
Blogger Renato Carmo said...

Eça é boa!
Bem, esta foi mesmo rebuscada...
Bjs

5:41 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com