terça-feira, abril 04, 2006

Os vencidos do sono

Assim que somos pais adquirimos uma espécie de síndrome que nos acompanha o dia inteiro: o síndrome do bocejo. É terrível, às vezes temos autênticos ataques compulsivos. De tal modo, que não conseguimos parar. É especialmente confrangedor durante uma conversa: por mais que tentemos a boca não pára de abrir. Em certas alturas até vamos às lágrimas, devido ao esforço que fazemos para que o interlocutor do momento não pense que estamos enfastiados. Mas, o pior momento de todos é aquela hora a seguir ao almoço. Aí batemos o recorde, apesar de combatermos a todo o custo o ataque fulminante: levantamo-nos da secretária, vamos à WC lavar a cara, tomamos mais um café… Não há nada a fazer, OS BOCEJOS NÃO NOS DEIXAM!
Chegada a noite, depois das crianças deitadas, sentamo-nos finalmente no sofá para ver as notícias do dia e um milagre acontece: paramos de bocejar. Mas, em contrapartida, somos invadidos por um enorme peso nos olhos. Tentamos abri-los, mas eles teimam em fechar e descem…descem até nos desarmarem por completo. Pouco depois das dez da noite já estamos a roncar no sofá completamente vencidos.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com