segunda-feira, setembro 04, 2006

Breve história da Reforma Agrária (III)


O modelo de reforma agrária implantado assentou na instalação das novas unidades de produção: as Unidades Colectivas de Produção e a Cooperativas de Produção Agrícola. Como refere Afonso de Barros, salientou-se «logo de início a natureza colectivista das soluções organizacionais adaptadas com larga predominância no processo da reforma agrária. Aconteceu na realidade que, para além de alguns casos, com reduzida expressão, de distribuição individual a pequenos agricultores de parcelas de terra ocupadas ou expropriadas, na esmagadora maioria das situações prevaleceu a exploração comum das terras, no quadro da antiga herdade ou exploração agrícola ou no quadro ainda mais alargado da aglutinação de herdades ou explorações agrícolas distintas em novas e mais vastas unidades produtivas»*.
Segundo este e outros autores, este facto deve-se à conjugação de uma série de factores, a saber: a) o tipo de agricultura vigente na Região que assentava na exploração extensiva de sequeiro tornava-se um tanto inviável em pequenas e médias áreas agrícolas; b) a impreparação e as dificuldades técnicas demonstradas pela maior parte dos trabalhadores agrícolas para gerir individualmente uma exploração; c) o facto da reivindicação dominante dos trabalhadores assentar na garantia de emprego permanente e não na divisão da terra; d) o predomínio ideológico das concepções colectivistas veiculadas pelos partidos e movimentos políticos de esquerda.
A generalização do modelo colectivista provocou um afastamento cada vez mais conflituoso entre os trabalhadores e os pequenos agricultores. Pois se a estratégia de princípio das principais forças políticas, como era o caso do PCP, apontava para uma confluência de interesses entre estas duas classes, a acção no terreno acabou por marginalizar as pretensões destes últimos.

*Idem, p. 117.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com