sexta-feira, setembro 22, 2006

HI FI

Ontem teve lugar mais uma “Beatice” da direita liberal. A oração, como se viu, não se altera e repete-se até à exaustão, até cansar o ouvido e banalizar-se. É uma técnica clássica de propaganda. Aliás, sempre que se auto-propagandeia esta direita, que se diz radical e moderna, veste uma postura conservadora de modo a transmitir alguma seriedade. A começar pelo título do evento: Compromisso Portugal. É, de facto, uma direita séria que quer manter o compromisso a todo o custo. A relação de fidelidade é para o resto da vida. Por isso, não será de estranhar que daqui a 20 anos as intenções se mantenham, independentemente do contexto e da situação económica. O que é preciso é que continuem a existir sectores para privatizar e funcionários públicos para despedir. Qualquer outra opção será sempre considerada irrelevante e dogmática. Daí que para esta direita não é possível a infidelidade. Eles sabem que têm razão e, por isso, nunca poderão ser traídos. Não é Portugal?

1 Comments:

Blogger MGomes said...

Enquanto Portugal quiser, a fidelidade manter-se-á. Mas numa qualquer relação pode sempre acontecer um zanga inesperada...

9:20 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com