terça-feira, outubro 31, 2006

Os sinais da morte

Para o minhoto, tal como em muitas outras sociedades, a morte detém uma existência própria e pode ser evitada, prevista ou convocada. Os minhotos acreditam que a iminência da morte coincide com as manifestações de certos sinais "agoirentos". Há muitos exemplos: se os sinos da igreja "têm um som triste", é um vizinho que vai morrer: se um mocho pousa no telhado de uma casa durante a noite e pia num tom arrepiante, é um dos residentes da casa que vai morrer; se um cão uiva de noite sem uma razão óbvia, ou se uma raposa ou um coelho não foge quando uma pessoa se aproxima, é pronunciada a morte imenente de alguém.

João de Pina-Cabral,
Filhos de Adão, Filhos de Eva.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com