terça-feira, abril 25, 2006

Manhã límpida e inteira

Sinto os olhos a desfazerem-se em lágrimas. Ainda assisti, ainda assisti à morte deste maldito meio século de opressão imbecil. Ao mesmo tempo nunca vivi horas mais aborrecidas de espera, de frigorífico, ao som de baladas medíocres, sem lances dramáticos. E não serão assim sempre as verdadeiras revoluções?...interrogo-me. Em silêncio. Sem teatro por fora. Em segredo. Com pantufas. (José Gomes Ferreira, Poeta militante III, 2.ª ed., Moraes, p. 265; fontes iconográficas: UA, excepto o 2.º, de Papo-Seco)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com