quarta-feira, junho 21, 2006

Revista de blogues

A Fraude do Alqueva (parece que está em cima da mesa +1 projecto «estruturante» com 22500 camas e um punhado de campos de golfe, junto à barragem; a acompanhar com preocupação).

Da vaidade (como é possível ser-se tão demagógico? mais um exemplo de corporativismo reactivo no jornalismo luso, assente no desvio de atenções, neste caso um estrebuchar soez e anti-intelectual, como modo de evitar debater o assunto que está na mesa; tanta incapacidade para aceitar a crítica externa à corporação dá que pensar, só o elogio ou a ausência de debate servem?).
PML (texto delicioso que narra o atribulado parto do novel Partido do Marxismo-Liberalismo; eis um cheirinho: "A base ideológica, a cartilha, é uma mistura de messianismo imanente —a componente marxista— e de triunfalismo pseudo-darwiniano do individualismo —a componente 'liberal'. Com aspas porque na verdade trata-se de uma deturpação da gramática política.").
Um Português Suave (o ministro da Saúde de volta e em grande forma, agora contra o Observatório da Saúde, prosseguindo a sua cruzada liberalizadora a 7 ventos).

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

sobre o alqueva vem um incisivo artigo no jl de hoje. sobre o «suave» vem uma proposta interessante dum leitor do 24horas: pôr a carinha do dito nos maços de tabaco era a melhor medida do ministério para reduzir drasticamente o consumo.Escolher entre o afogamento e a intoxicação, fuga-se.

7:36 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com