quinta-feira, outubro 20, 2005

Um filme perdido


Uma Chamada Perdida, de Takashi Miike. Desapontante. Para além de um argumento um tanto ou quanto gamado a clássicos recentes do cinema japonês do género, nomeadamente Ring, de Hideo Nakata, Miike falha redondamente naquilo que tão bem fez por exemplo em Audition, a saber, um tratamento do mal enquanto massa omnipresente que tudo envolve, de forma inexpugnável, e que irrompe momentaneamente gerando efeitos assustadores. No já referido Audition não há palavras para descrever o que se vivencia. Original portanto. Em Uma Chamada Perdida, alguns bons momentos de arrepio não valem os mais de 90 minutos de fita. Como se não bastasse, os últimos 20 são um disparate pegado, empobrecendo irremediavelmente o filme. Enfim, para Miike One Missed Call é praticamente one missed movie.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com