quarta-feira, janeiro 25, 2006

Coisas que não se entendem

Quando Mário Soares sugeriu que se devia estabelecer uma plataforma de diálogo com os terroristas, José Manuel Fernandes teve um ataque de horror. Pelos vistos passou-lhe. O lider do Hamas na palestina tem hoje direito a uma entrevista de uma página no Público a que se segue um editorial pouco menos que laudatório do próprio JMF em detrimento da corrupta Fatah. O que se segue? uma reportagem na Pública sobre as férias dos hetarras?

1 Comments:

Blogger rui said...

o josé manuel fernandes é um palerma que se tornou num repetidor do que diz a administração americana. hoje publicou o homem porque há clearing para se entrevistar pessoal do hamas para dar uma de road map a funcionar, se amanhã um elicóptero israelita pulverizar o sujeito que publicou hoje, ele vai achar o máximo, é a luta contra o terrori

11:04 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com