quarta-feira, fevereiro 01, 2006

Obsessão retoma(da)

Luís Delgado é, sabemo-lo, um obcecado pela retoma. Nos tempos dos amigos Durão e Santana, utilizou o seu privilegiadíssimo lugar na comunicação social para a anunciar quase diariamente. Era penoso de assistir: se um indivíduo passasse com uma roulotte de cachorros debaixo da varanda do escritório de Delgado, isso era a retoma. Como se o disparate não fosse já ciclópico, arranjava ainda forma de a ligar às políticas certeiras (como estamos todos bem recordados!!) do PM de então. Era portanto por demais evidente que tudo aquilo era escrito com os pés, forçadíssimo, fruto de uma cegueira de espírito e de uma fidelidade canina que apelido de pouco digna em termos humanos, mesmo insultuosa para a inteligência de quem o lia - mas sobretudo para a dele (caso a possuísse?, interroga-se o leitor - vá lá, também não seja tão mau!).
Esta noite, na SIC Notícias, Delgado conseguiu dizer, sem rir, que os sinais que a economia evidencia desde há algum tempo não são nada que se veja. Bom, vejamos, independentemente de serem mais ou menos ténues, são, ainda assim, sinais. Só que, percebe-se, para um homem que lia prenúncios de retoma talvez em vísceras de galinha, ou em borras de café, é natural que pouco valham. Para concluir, acrescente-se que Luís Delgado proferiu estas palavras numa cadeia argumentativa através da qual pretendia apontar o dedo à perda de credibilidade dos jornalistas e analistas políticos, entre outros - políticos, etc. É obra, é obra sim senhor, mas demente, ou de mente delgada neste caso...

2 Comments:

Blogger Paz Kardo said...

É um tipo com fé, o Delgado, eu já desconfiava disso. Bom Post, sim senhor...

Saudações Pazkardianas.

http://ausenciapazkardo.blogspot.com
http://nomadasperdidos.blogspot.com

3:24 da tarde  
Blogger PiresF said...

Há muito que não lia um desancar ao Delgado, feito de forma tão inteligente.
Excelente! Parabéns!

6:39 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com