sexta-feira, março 24, 2006

Adeus mundo rural, olhó puguésso

...ou de como dar com os burricos na água

"No dia 6 de Novembro de 1985, depois do almoço, entrei na residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento. […]
Só alguns dias mais tarde percorri o jardim nas traseiras da residência, um espaço verde muito agradável no interior da cidade, confinando com a Assembleia da República. […]
Para minha surpresa, no meio do jardim havia um espaço de cerca de cem metros quadrados [mandado construir por Salazar] que incluía um galinheiro com gansos-mudos, galinhas e patos, uma pequena horta, com cebolas, couves e alfaces, um limoeiro e uma laranjeira e disseram-me que por lá tinha mesmo passado um burro; mas, se passou, dele não ficou rasto… Esse espaço rural foi extinto durante o meu consulado, dando lugar a uma piscina e um roseiral."
Aníbal Cavaco Silva, Autobiografia política, Lisboa, Temas e Debates, 2002, p. 129-131.

1 Comments:

Anonymous IF said...

Foi também por essa altura, que a a paisagem deu lugar às auto-estradas e que o cimento do Ferreira "betão" Amaral mudou a face do país, na saúde e na doença, até que um terramoto nos separe!

9:31 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com