terça-feira, outubro 03, 2006

O despachante oficial

"que ideia, que tipo de humor negro, meu caro Correia de Campos, o de chamar taxas moderadoras a intervenções cirúrgicas ou internamentos. Será que alguém gosta que o operem - a não ser em casos de masoquismo clínico particularmente raros? Ou será que as pessoas vão pretender passar férias internadas em Santa Maria, a comer aquela horrenda comida que nem os gatos famintos comem? Devemos, é claro excluir os casos em que as famílias abandonam os doentes nos hospitais porque não os querem em casa - e isto são terríveis casos sociais que, como tal, devem ser tratados.
[..] Na cauda está Correia de Campos, que ainda não mostrou uma política para a saúde e vive de decisões avulsas semeadas pelo país fora."
Eduardo Prado Coelho,
"Os números são o que são", Público, 2/X, p. 9.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com