sexta-feira, outubro 20, 2006

Ver o mundo doutros modos

Está de volta o doclisboa e melhor do que nunca, a avaliar pelo veio lusófono. Neste capítulo, e até 29/X, destaco os seguintes 10 documentários (guiado pelos resumos):
>Oxalá cresçam pitangas (de Kiluange Liberdade e Ondjaki): retratos da Luanda de hoje;
>Elogio ao 1/2 (de Pedro Sena Nunes): pescadores construtores de casas, na 1/2 Praia;
>Cartas a uma ditadura (de Inês Medeiros): o salazarismo pela voz de mulheres comuns;
>Pátria incerta (de Inês Gonçalves e Vasco Pimentel): cicatrizes católicas e luso-goesas;
>Brava dança (de José Pinheiro e Jorge Pires): os Heróis do Mar, o Portugal antigo e o moderno;
>Onze burros caem no estômago vazio (de Tiago Pereira): história da relação do mirandês com os seus burros, passando pelo canto;
>Cantai cantigas (de Cláudia Tomás): de novo as cantigas transmontanas, dos 7 aos 77;
>Onde jaz o teu sorriso? (de Pedro Costa): a criação, com Danièle Huillet e Jean-Marie Straub;
>Entre nós (de André Godinho, Pedro Paiva, Fausto Cardoso, Tiago Afonso, Sérgio Tréfaut, Catarina Alves Costa, José Filipe Costa, Cátia Salgueiro, André Príncipe, Miguel Nogueira, Joana Neves e Leonor Noivo): ser lusíada lá fora, ser forasteiro em Portugal, eis o repto do Fórum Gulbenkian sobre Imigração a 12 cineastas lusos;
>Bien Mélanger (de Nicolas Fonseca): a identidade dos lusodescendentes do Canadá, incluindo um depoimento de Anthony Giddens.
Além da descoberta (ou afirmação) dum género que o Festival possibilitou, realce-se a qualidade da programação, não só em termos temáticos como de origem geográfica, bem como a aposta em certos documentaristas e na produção lusófona.
Vai só na sua 4.ª ed., mas já deu uma lição aos programadores de cinema do burgo e encheu de ridículo a tv nativa, onde o pouco (mas excelente) documentário existente surge envergonhadito, como se fosse produto minipreço, sem pedigree, coitadito... Num país com montes de pedigree, claro, claro, oh yeah, of course, oui, oui, si, si, verdad...
Pelos vistos, vale a pena apostar na qualidade e na pluralidade, e esta hein?

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com