terça-feira, novembro 21, 2006

Maio de 68 em cartazes, no Porto

A Galeria Sargadelos Porto expõe 35 cartazes do Maio de 68, até 30 Dez.º (a ver na R. Mouzinho da Silveira, 298).
Como nos dizem os curadores desta exposição, estes cartazes "são o testemunho de dois meses de explosão de vida e de criatividade, em que a problematização levantou, ela mesma, paralelos metafóricos, pondo a nú os alicerces do edifício social. A discussão, generalizada e permanente, incidiu sobre as mais variadas questões: o poder, a democracia, o capital, o trabalho, a educação, os costumes, a moral, a publicidade, os nacionalismos anacrónicos, temas em que está organizada esta mostra. Nem mesmo os cartazes escaparam ao debate: «Desobedecer primeiro: só depois escrever nos muros (Lei de 10 de Maio de 1968)». É muito fácil cairmos na mistificação do passado e, por isso, é bom lembrar que foram igualmente dois meses de greve geral, de fábricas ocupadas e economia paralisada, em que participaram, espontaneamente, 10 milhões de franceses, 1/5 da população (segundo censo de 1967)".
Os trabalhos provêm da Galeria La Caja Negra Ediciones (Madrid). Mais informação e imagens de cartazes no blogue da galeria (posts de Out.º e Nov.º). Nb: imagem retirada daqui.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com