terça-feira, novembro 14, 2006

O cliente tem sempre vazão

Não percais este delicioso post sobre A era do cliente. De como ir de freguesa a formando, fazendo tudo sentido!
No Bic Laranja há ainda espaço para se ouvir o eterno Carlos do Carmo a cantar O homem das castanhas, iluminado por uma belíssima imagem de Eduardo Gageiro.
Tudo apropriado a estes tempos outonais, de luz coalhada. Porque o cliente nem sempre existe. É tudo invencionices pra despachar.
Nb: imagem retirada do blogue carmoblog.

2 Comments:

Anonymous Bic Laranja said...

Vim cá dar por acaso... Por pouco não lhe agradecia a honra que me faz! Muito obrigado. Cumpts.

9:49 da tarde  
Blogger Daniel Melo said...

Ora essa!
O seu a seu dono.
Obrigados nozezes, os fréguêsêsês.

2:12 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Site Counter
Bpath Counter

fugaparaavitoria[arroba]gmail[ponto]com